Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!

Maria Elena Sancho

Poesías Traducidas

(Português)

 

 

Meu único pecado
Maria Elena Sancho
Tradução: Paulo Monti
 


Meu único pecado
Foi amar-te
Sentir-te, desejar-te
Crer na verdadeira união
De dois corpos e almas
Entrelaçadas
Em perfeita harmonia
Formando um só
Se esse foi meu único pecado
Declaro-me culpada!!!!!!

 

 

 

Águia Lunar Azul
Maria Elena Sancho
Tradução: Paulo Monti
 


Embotados os sentidos
Não se percebe mais do que a imagem em brumas
do tempo sem futuro.
Tudo é final, término, caos, absolutismo.
Por isso te peço que não me abandones
Deixando-me sozinha
Acompanhada de minha sombra distorcida
Na escuridão.
Somente peço
Um futuro sem sombras
Para você e eu.

 

 

Adversidade
Maria Elena Sancho
Tradução: Paulo Monti

 


Existem árvores
Que parecem
Tão-somente parecem frágeis,
Débeis
Pois, não se quebram
Ou se despedaçam.

Mares tranqüilos
Águas transparentes
Que se enfurecem
Ao querer tapar com terra
Invadindo seu espaço

Flores belissimas
Que ao serem arrancadas
Cravam seus espinhos
Mas, o mais importante,
Nesta época em que tudo se iguala
Como disse Disepolin:
Um ladrão como um grande professor.
Há pessoas que não se vendem nem se compram
Eu sou assim:
E você?

 

 

Amor a tempo
Maria Elena Sancho
Tradução: Paulo Monti

 


Passa a vida, passa o tempo
E o amor que não se revela a seu momento,
por medo, covardia, não voltará.
Talvez nunca voltarás a encontrá-lo,
Por isso, há que estar atenta
aos sinais do coração e não que deixar que se escorra, passe,
já que, talvez nunca volte
com a mesma paixão
nem com a mesma pessoa
por muito tempo
Talvez nunca mais.

 

 

Susurro de mulher
Maria Elena Sancho
Tradução: Paulo Monti
 


Sussurro vibrante, apaixonado
Querendo ser um grito de amor.
Sussurro este sentimento
Feito pérolas atiradas, atiradas ao mar
Como algas serpenteando
entre meus pés nús.
Percorro tua orelha
Sussurrando palavras de amor
em explosiva cor de magia e mistério
néctar delicioso da vida
entre sombras e diamantes.
Sussurro entre carícias
palavras de mulher desprotegida
tua indiferença e esquecimento
Deixou somente
Meu sussurro de mulher.